Menu fechado

Condução defensiva – Como dirigir de forma preventiva e correta

A direção defensiva, ao contrário da conclusão aparentemente óbvia, pode economizar tanto tempo quanto dinheiro e, mais importante, manter as estradas mais seguras para todos. Isso o dirigir na maioria das estradas e condições de tráfego e a antecipar a possibilidade de um acidente.

Dirigir na cidade também é uma grande fonte de estresse, especialmente durante a hora do rush. O crescimento das cidades e dos subúrbios resultou em um aumento no número de pessoas que precisam usar um carro para se locomover. Seguir essas etapas também tornará a experiência de dirigir mais agradável.

A direção defensiva é mais uma questão de bom senso do que qualquer outra coisa. É fácil lembrar a maior parte do que está escrito aqui, mas se lembre, que no transito é preciso dirigir para sua segurança e de todos os outros, motoristas ou pedestres. Portanto, quanto mais pessoas dirigindo defensivamente, mais seguro o transito se tornará.

RESPEITE O DIREITO DE DIRIGIR DE TODOS

Se você avistar um veículo com pressa, não seja mais uma fonte de estresse e ceda o direito de passagem, mesmo que esteja legalmente correto em recusar. Embora o outro motorista possa estar dirigindo de forma incorreta, é melhor deixá-lo passar. Não bloqueie o caminho do veículo movendo-se na frente dele nem impeça sua passagem de nenhuma forma. Fazer isso é perigoso e aumenta o risco de acidente.

Além disso, entrar e sair do trânsito é uma séria ameaça à segurança. Lembre-se sempre de que, quando se trata de dirigir, o mais importante é chegar ao destino com segurança.

NÃO EXCEDA O LIMITE DE VELOCIDADE

Conduzir acima de um determinado limite de velocidade não é apenas ilegal, mas também perigoso. Dirigir a 60 km / h em uma estrada cujo limite é 50 km / h pode economizar 20 minutos, mas também aumenta as chances de um acidente.

Quanto mais rápido você estiver se movendo, mais tempo o carro levará para fazer parar totalmente quando você acionar os freios. Também reduz o tempo que você tem para reagir ao inesperado, como um carro fora de controle ou um animal cruzando a estrada. A pura física de uma colisão em altas velocidades deve ser dissuasão suficiente. A maior transferência de energia resultante do momento mais alto pode causar ferimentos horríveis.

app crlv digital

Além disso, você será autuado pela polícia se for pego em alta velocidade, o que incluirá uma multa na primeira vez, ou uma suspensão da carteira de motorista, e uma punição mais permanente para reincidentes.

Portanto, escolha uma velocidade que corresponda ao resto do tráfego o mais próximo possível, sem exceder o limite de velocidade. Se o resto do tráfego estiver se movendo em um ritmo mais rápido do que você gostaria, mantenha-se na faixa da esquerda e fique fora do caminho dos veículos mais rápidos. Se você precisar ultrapassar um veículo que se move mais devagar do que você, faça-o da direita. Deixe suas intenções claras usando os indicadores de seta antes de ultrapassar.

PRESTE ATENÇÃO NA ESTRADA

“Não o vi!” é a desculpa mais comum usada após um acidente. Mas vamos lá, o outro veículo (ou pessoa ou poste elétrico) estava de fato invisível nos segundos antes do acidente.

Vários acidentes acontecem porque o motorista não presta atenção ao que está acontecendo na estrada. Qualquer veículo, irrelevante para o seu tamanho, pode causar um acidente.

Lembre-se também de que você não pode contar com os outros motoristas para seguir as regras e mantê-lo seguro. Portanto, fique alerta e certifique-se de ter espaço suficiente para manobrar seu veículo para sair de uma situação potencialmente perigosa. Ajudaria se você não usasse seu telefone celular ou ouvisse música no volume máximo.

Tente antecipar o que os outros motoristas podem fazer na situação, especialmente em estradas abertas ou quando há tráfego intenso. É sempre melhor ficar atento. Tenha cuidado ao se aproximar de semáforos, quebras em divisórias ou estradas de serviço. Motoristas apressados ​​tendem a entrar na estrada principal sem controlar o fluxo do tráfego.

Além disso, em uma estrada movimentada, como um centro comercial, tome cuidado com os carros que saem do estacionamento. Esteja atento a lacunas nas linhas de tráfego para ter espaço para tomar medidas evasivas. Diminua a velocidade se você ver o tráfego à sua frente se acumulando. Não adianta buzinar, nem se estressar nesses momentos. Um pouco de paciência ajudará a desobstruir o congestionamento.

LEMBRE-SE SEMPRE DE USAR O CINTO DE SEGURANÇA

O cinto de segurança é o dispositivo de segurança mais importante do seu carro. Um cinto de segurança pode parecer insignificante, mas pode salvar sua vida. A força e o movimento repentino na colisão podem ferir fatalmente uma pessoa (caixa torácica, pulmões e coração contra o painel ou volante) ou até mesmo arremessar os motoristas para fora do carro se eles não estiverem usando o cinto de segurança.

Os cintos de segurança também ajudam a reduzir o movimento enquanto dirigindo em estradas esburacadas. Se você tem uma criança pequena no carro, use uma cadeira de bebê e prenda-a com o cinto de segurança.

NÃO CONDUZA SE VOCÊ ESTÁ TENSIONADO OU NERVOSO

Se você acha que está distraído, estressado, cansado ou indisposto e isso afetará seu julgamento enquanto dirige, você não deve se sentar atrás do volante. Qualquer um deles pode diminuir seu tempo de reação e dirigir em tal estado não é aconselhável.

Estar sobrecarregado, estressado ou cansado aumenta as chances de você adormecer ao volante. Se for uma longa viagem e você se sentir cansado, encoste na beira da estrada e durma um pouco.

Nem é preciso dizer que o consumo de álcool é um sério impedimento para fazer as escolhas certas e é muito perigoso dirigir embriagado. Se você for a uma festa em que provavelmente consumirá álcool, certifique-se de que alguém que não beba seja o motorista da rodada ou peça um táxi. Dirigir sob a influência de álcool é crime punível, incluindo a possibilidade de cancelamento da carteira de habilitação ou até prisão.

guarda-valor-multa-transito

Além disso, seria mais seguro não conduzir se não se sentir bem. Uma febre alta ou uma lesão pode ser desorientadora, resultando em erro de julgamento enquanto se dirige.

DIRIGIR EM ESTRADAS MOLHADAS E COM MAU TEMPO

A coisa mais sensata a fazer em condições climáticas adversas, como chuvas fortes ou nevoeiro, é diminuir a velocidade. Dirigir em alta velocidade sob chuva forte pode levar à aquaplanagem do seu carro (elevar-se por uma fina camada de água entre os pneus e a estrada para que não haja mais contato com a estrada).

Certifique-se de que os pneus do seu carro tenham a pressão de ar correta, pois o enchimento excessivo dos pneus reduz a área de contato com a estrada, resultando na perda de atrito de rolamento em superfícies molhadas. Se os pneus do seu carro estiverem inflados demais, libere um pouco de ar.

Da mesma forma, a visibilidade é reduzida significativamente em um nevoeiro denso e é difícil avaliar as distâncias entre os veículos.

Em ambos os casos, chuva forte e redução da velocidade da neblina são a opção mais segura. Se o nevoeiro for muito denso, dirija lentamente ao longo do divisor ou marcadores de estrada para ter um ponto de referência. Não tente ultrapassar em tais condições.

CONHEÇA OS PONTOS CEGOS

Lembre-se de que você tem alguns pontos cegos ao redor do seu veículo. A área atrás dos pilares do carro e na parte traseira são os pontos cegos usuais. Sempre seja cauteloso ao se mover nessa direção, como ao mudar de faixa ou ao sair do estacionamento. Olhar no espelho retrovisor não é suficiente. Cuidado com o tráfego que se aproxima pelas laterais, que são um ponto cego no espelho superior, nos espelhos externos.

Em estradas com limites de velocidade mais altos, como rodovias, o tráfego da parte traseira se aproxima muito rapidamente. Quando há veículos grandes, como caminhões e ônibus, na estrada, certifique-se de manter distância suficiente para que seu carro fique visível no retrovisor e nos espelhos externos do veículo à sua frente. Na verdade, usar qualquer veículo não autorizado é um risco. Portanto, mantenha uma distância razoável entre seu carro e o veículo da frente.

Dê uma olhada rápida ao redor por qualquer coisa em seu caminho primeiro. Tenha especial cuidado se houver crianças brincando ao redor do veículo. A direção defensiva pode parecer muito cautelosa, mas a segurança deve ser a consideração primordial na estrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *