Menu fechado

Multas leves – A lista definitiva – Parte 02

Vamos voltar a nossa lista de multas leves –

Artigo 224 – Fazer uso do facho de luz alta dos faróis em vias providas de iluminação pública.   

Muitos motoristas podem não perceber, mas usar o farol de luz alta pode causar muita dificuldade na visão dos motoristas que estão vindo na direção contrária. Ao usar o farol alto em uma via que já possui uma iluminação pública suficiente, além de se colocar em uma situação que é passível de tomar multa, o motorista ainda pode se colocar em uma situação de risco de acidente.

Para manter sempre uma direção segura para todos, é preciso guardar o uso do farol alto somente quando realmente for preciso, como para indicar um acidente próximo ou durante o caminho em uma estrada que não haja nenhuma iluminação e onde também não haja nenhum carro ou moto vindo na direção contrária.

 Artigo 227, I – Usar buzina em situação que não a de simples toque breve como advertência ao pedestre ou a condutores de outros veículos.

Todos nós já passamos por algum momento de estresse no transito, onde queremos simplesmente buzinar até o outro motorista ou pedestre não poder ouvir mais nada. Mas diferente do que muitas pessoas pensam, a buzina não tem como objetivo criticar a atitude de outros motoristas ou pedestres, e que seu uso deve ser apenas voltado para advertir outros motoristas ou pedestres.

Para avisar outros motoristas ou pedestres de que uma situação pode levar perigo, é necessário apenas dar um simples toque, para que a atenção seja voltada para seu veículo, tornando todos ao redor mais focados no transito.

Cabe citar que a buzina deve emitir apenas um som de advertência, ao contrário de muitas buzinas com músicas ou mesmo ringtones que sempre ouvimos por ai, que aliás são proibidas. Para manter um ambiente de transito sempre seguro, use apenas a buzina para momentos que realmente seja necessário chamar a atenção dos outros veículos e também dos pedestres próximos.

Artigo 227, II – Usar buzina prolongada e sucessivamente a qualquer pretexto.

Como dito no parágrafo anterior, o uso descontrolado da buzina sempre leva a uma situação de ainda mais estresse no transito, deixando todos ainda mais incomodados. Cabe sempre ao motorista perceber que o uso prolongado e sucessivo da buzina não faz com que o outro motorista se torne mais consciente do transito, apenas o estressa.

Artigo 227, III – Usar buzina entre as vinte e duas e as seis horas.

O alto volume da buzina pode não ser percebido pelo motorista, principalmente se esse estiver com as janelas fechadas, mas para quem está do lado de fora do veículo, uma buzina pode realmente incomodar.

No Brasil, há alguns anos, foi regulamentado o uso da buzina apenas entre as seis da manhã e as vinte e duas horas. Essa regulamentação se deu pelo uso incorreto que muitas pessoas faziam da buzina em ambientes residenciais, onde as pessoas estão quase todas dormindo nesses horários.

É bom sempre lembrar que manter um regime de sono é ideal para todos, inclusive aos motoristas, que devem sempre descansar bem para que estejam sempre atentos ao dirigirem.

Artigo 227, IV – Usar buzina em locais e horários proibidos pela sinalização.

Ainda discutindo sobre o uso da buzina, existem alguns lugares onde realmente não se deve usar esse importante mecanismo de segurança do veículo. Entre esses lugares que realmente manter o silêncio é muito importante, estão escolas, creches, centros de idosos e também hospitais e prontos socorros.

Muitos desses lugares realmente precisam de silêncio para que seus ocupantes consigam descansar em paz, por isso o uso da buzina deve o mais restrito possível.

Artigo 227, V – Usar buzina em desacordo com os padrões e frequências estabelecidas pelo CONTRAN.

Esse assunto pode parecer repetitivo, mas é essencial para que você evite tomar multas apenas por desatenção. Ao usar a buzina, independente se o outro motorista ou pedestre cometer uma atitude desrespeitosa com você, deve ser sempre procurar apenas chamar a atenção, e buzinar por diversas vezes ou por um período longo de tempo nunca traz benefícios a nenhum dos envolvidos.

Artigo 232 – Conduzir veículo sem os documentos de porte obrigatório referidos no Código de Trânsito.

Todos sabem, mas não custa repetir. Ao sair com qualquer veículo e em qualquer situação, sempre reserve alguns minutos e verifique se todos os documentos estão em sua posse. Hoje, existem muitas formas de sempre andar com os documentos, através dos documentos digitais que podem ser baixados no celular, ou mesmo impressos de casa mesmo e deixados no porta luvas do carro, oportunidades para andar sempre dentro da lei não faltam.

Artigo 241 – Deixar de atualizar o cadastro de registro do veículo ou de habilitação do condutor.             

E não basta só andar com os veículos, é claro que eles sempre devem estar dentro da validade. Para evitar correr qualquer risco de levar uma multa leve apenas por desatenção nesse ponto, sempre se organize para começar a renovação da sua carteira de motorista pelo menos três meses do seu vencimento. Dessa forma, mesmo que muitos contratempos aconteçam durante a renovação, haverá sempre um prazo de margem para a finalização do processo.

Bem, essas foram as multas leves, que podem pegar qualquer motorista distraído de surpresa. Essas situações podem ser evitadas, se o motorista prestar atenção ao transito durante todo o momento da direção.

Sabemos que isso nem sempre é fácil, por isso reunimos algumas dicas para evitar a distração no transito sempre.

A direção distraída é definida como qualquer atividade que desvie a atenção do motorista da direção do veículo. É um sério risco à segurança que você pode evitar mantendo sempre sua atenção na estrada, nos outros carros, nos pedestres e nos controles do carro. É sua responsabilidade legal evitar distrações enquanto dirige.

Sempre que você dirige, concentre sua atenção na estrada e na operação de seu carro. Insista para que seus passageiros o ajudem a dirigir com segurança instituindo uma abordagem de “segurança em primeiro lugar” enquanto você estiver ao volante.

Os telefones celulares, mesmo os dispositivos viva-voz, são uma das maiores distrações do motorista. Usar um telefone celular ao dirigir é, na verdade, contra a lei e traz um grande risco a segurança.

Configure seu telefone para o modo silencioso antes de entrar no carro e nunca envie mensagens de texto enquanto dirige. Pare em um estacionamento oficial se precisar usar o telefone por qualquer motivo.

Além de evitar telefones celulares, as dicas a seguir podem ajudá-lo a manter o foco:

  • Evite comer, beber e fumar enquanto dirige.
  • Encoste se precisar de algo do chão, painel, porta-luvas ou outra parte do carro.
  • Não faça turismo enquanto dirige. Pare o carro em um local seguro se quiser dar uma olhada.
  • Ajuste os controles de clima, rádio e outros sistemas de infoentretenimento antes de começar a dirigir, pare para fazer ajustes ou peça ajuda a um passageiro do banco da frente.
  • Exija que os passageiros mantenham os cintos de segurança o tempo todo e peça a cooperação deles para ajudá-lo a manter a atenção ao dirigir.
  • Não conduza quando estiver chateado, excitado ou com outras emoções fortes ou sintomas físicos que possam interferir com a sua concentração.
  • Transporte animais de estimação em carrinhos de estimação ou mantenha-os presos com segurança na parte traseira do carro. Prenda os objetos dentro do veículo para que não rolem.
  • Se você estiver sonolento, saia da estrada. A sonolência aumenta o risco de acidente em quase quatro vezes. Um estudo do governo mostrou que 37% dos motoristas cochilaram ou realmente adormeceram pelo menos uma vez durante suas carreiras como motorista. Se você se sentir cansado, saia da estrada; não tente chegar em casa mais rápido.
  • Estudos têm mostrado que as pessoas são limitadas na quantidade de informações que podem processar a qualquer momento. Para acomodar as múltiplas demandas que ocorrem durante a direção, as pessoas são forçadas a deslocar sua atenção para frente e para trás. Os adolescentes têm ainda menos experiência ao volante, por isso as distrações custam mais caro.

Ao evitar uma direção distraída, você reduzirá significativamente o risco de sofrer um acidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *